6.5.2. Princípio de trabalho do sistema DME

Esquema de sistema de controle digital do motor (DME)

1 — um adsorber
2 — a válvula de fechamento
3 — a válvula de ventilação do tanque de combustível
4 — o regulador de pressão de combustível
5 — um injetor
6 — ajuste de ponto de controle de pressão
7 — o rolo de ignição
8 — o sensor de situação
9 — a bomba de ar secundário
10 — a válvula de fechamento
11 — o instrumento de medir de massa de ar
12 — o monitor
13 — o sensor de uma válvula de borboleta

14 — o ajuste de ponto de controle que perde tempo
15 — o sensor de temperatura aéreo
16 — a válvula de recirculação dos gases cumpridos
17 — o filtro de combustível
18 — o sensor de detonação
19 — o sensor de velocidade
20 — o sensor de temperatura de motor
21 — o sensor de oxigênio
22 — a tomada diagnóstica
23 — uma lâmpada diagnóstica
24 — o sensor diferencial de pressão
25 — a bomba de combustível


Sensores de sistema de injeção de motores de gasolina

 

 

 

 


O combustível sorve-se do tanque de combustível pela bomba de gasolina elétrica localizada no tanque de combustível e movimentos via o filtro de combustível a injetores. O regulador da pressão apoia a pressão de combustível no sistema a constantes.

Os injetores têm a gestão elétrica e injetam o combustível pulsewise no oleoduto de entrada em frente de válvulas de entrada do motor.

O ar absorve-se pelo motor via o filtro de ar e movimentos pelo nó de uma válvula de borboleta, e também o oleoduto de entrada para introduzir válvulas.

O montante injetável do combustível define-se, em primeiro lugar, pela massa do ar embebido. A massa do ar embebido define-se pelo instrumento de medir localizado no oleoduto de entrada. Em caso do instrumento de medir do peso há uma chapa fina, eletricamente aquecida que se esfria com a corrente aérea passante. O sistema de controle modifica o valor da corrente do aquecimento para que a temperatura de uma chapa permanecesse uma constante. Se, por exemplo, o montante dos aumentos aéreos embebidos, a chapa procura esfriar-se. Disso valorizam da corrente do aquecimento de uma chapa cresce. O sistema de controle do motor determina a massa de ar aquecendo desvios atuais e respectivamente regula o montante do combustível injetável.

A informação que chega de vários sensores e as equipes que chegam a corpos executivos assegura o funcionamento ótimo do motor em qualquer modo. Se os sensores falham, os comutadores de monitor na operação de emergência para excluir danos do motor e fornecer uma possibilidade do novo movimento do carro. O fracasso de sensores não necessariamente tem de sentir-se na deterioração da operação do motor. Contudo não depois do que o seguinte período de revisão dos dados de gases cumpridos sobre ele vai se introduzir na memória de maus funcionamentos de um sistema de controle do motor.

- O ajuste de ponto de controle de perder tempo faz funcionar o montante de ar perder tempo dando volta a uma válvula de borboleta. Fornece a manutenção da velocidade constante que perde tempo independente da conexão de consumidores adicionais como, por exemplo, a direção de poder ou o compressor do esfriamento.

- Os sensores da temperatura de esfriar o líquido e o sensor da temperatura do ar embebido informam o valor atual da temperatura em consequência da modificação da resistência do resistor. Em aumento de reduções de resistência de temperatura.

- O sistema da ventilação do tanque de combustível compõe-se de um adsorber e a válvula de fechamento. Em um adsorber os vapores de combustível que se formam em consequência do aquecimento de combustível acumulam-se. Durante a operação do motor de par otsysyvatsya de um adsorber e movimento em câmaras de combustão de motor.

- Os sensores de oxigênio medem o conteúdo de oxigênio nos gases cumpridos antes e depois do conversor catalítico e transmitem os sinais correspondentes à unidade de controle do motor.

- O revezamento da bomba de combustível está no bloco de revezamento sobre uma caixa de artigo. O revezamento dá a corrente à bomba de combustível.

- O sistema da ignição não tem partes móveis, o distribuidor tradicional da ignição ausenta-se. Cada tomada de faísca tem o rolo.

- O sistema de controle de tensão de ignição em comutadores de demasiado baixa tensão - do bloco de DME (por exemplo, devido a dano de um fio). Ao mesmo tempo o motor não pode começar-se. Exclui danos do conversor catalítico.

- O sistema da regulação de antidetonação serve para definição e regulação do tempo ótimo da ignição de cada cilindro. Se há um mau funcionamento em sistema da ignição, provisão do combustível às paradas de cilindro correspondentes.

- 320i, 323i, 328i: O sistema da regulação de fases da distribuição de gás (os momentos de abertura e encerramento de entrada e válvulas finais) que se chama logo por Doppel VANOS vira ambos os eixos em relação a asteriscos na esquina que fornece fases ótimas da distribuição de gás em qualquer colocação de poder e consequentemente condição favorável características perdem tempo, altas de torque e consumo de combustível abaixado. A volta faz-se abaixo da pressão de óleo. Com esta finalidade o sistema DME via a válvula electrooperated regula a pressão de óleo no elemento de controle de VANOS.

- O oleoduto de entrada ajustável dependendo da velocidade do motor regula o comprimento do oleoduto de entrada. Com esta finalidade a porta rotativa com pneumomanagement instala-se no oleoduto de entrada. O grande comprimento do oleoduto na velocidade baixa graças a uma ressonância fornece o bom recheio de cilindros e por aquele torque mais alto. Em um grande número do comprimento de voltas das reduções de caminho de infiltração que aumenta o potencial de capacidade de motor.