7.2. Sistema de controle eletrônico por ignição e injeção do motor de gasolina

Os dados principais sobre sistema de controle eletrônico pelo motor

Sistema de controle digital eletrônico do motor de gasolina (DME)

1 — um adsorber
2 — a válvula de fechamento
3 — a válvula de ventilação do tanque de combustível
4 — o regulador de pressão de combustível
5 — um injetor
6 — ajuste de ponto de controle de pressão
7 — o rolo de ignição
8 — o sensor de situação
9 — a bomba de ar secundário
10 — a válvula de fechamento
11 — o instrumento de medir de massa de ar
12 — o monitor
13 — o sensor de uma válvula de borboleta

14 — o ajuste de ponto de controle que perde tempo
15 — o sensor de temperatura aéreo
16 — a válvula de recirculação dos gases cumpridos
17 — o filtro de combustível
18 — o sensor de detonação
19 — o sensor de velocidade
20 — o sensor de temperatura de motor
21 — o sensor de oxigênio
22 — a tomada diagnóstica
23 — uma lâmpada de controle diagnóstica
24 — o sensor diferencial de pressão
25 — a bomba de combustível


O sistema de controle eletrônico do motor permite:

- Reduzir o conteúdo de substâncias perigosas nos gases cumpridos graças a uma tarefa exata do momento da ignição em qualquer condição operacional do motor.
- Para aumentar a ignição faíscam o poder no motor de gasolina e por isso a confiança da partida e estabilidade do seu trabalho.
- A autodiagnóstica de um sistema de controle do motor, fornece uma possibilidade da resolução de problemas de bystry. O sistema de controle do motor tem a memória de maus funcionamentos. Se o defeito no uso vier à luz, então traz-se na memória do dispositivo. Por meio de dispositivos especiais é possível à produção a lista de maus funcionamentos que permitem eliminar o defeito independentemente. Também dirija a Diagnóstica de Seção de Maus funcionamentos. Trabalho é desejável executar CENTENA em condições.

A unidade de controle do motor representa o mini-computador com a alta velocidade. Além disso, define o momento ótimo da ignição no motor de gasolina, e no diesel por meio do revezamento inclui tomadas de incandescência. Ao mesmo tempo há uma coordenação da operação da unidade de controle com outros sistemas do carro, por exemplo, a um sistema de controle do ponto de controle ou bloqueando do roubo.

Os elementos de um sistema de controle do motor guardam o alto desempenho por muito tempo e praticamente não exigem o serviço. As substituições, executando a manutenção, exigem só uma tomada de faísca. Os trabalhos sérios no ajuste e o reparo exigem o uso de unidades diagnósticas difíceis. Dirija a Diagnóstica de Seção de Maus funcionamentos. Trabalhos é desejável executar CENTENA em condições.
A correção do momento da ignição em motores de gasolina, dentro da realização de manutenção, não se necessita.

Devido a boas características iniciais do motor diesel com a injeção direta o calor preliminar necessita-se geralmente em temperaturas em baixo de 0 °C.

A informação que chega de vários sensores e as equipes que chegam a corpos executivos assegura o funcionamento ótimo do motor em qualquer modo. Se os sensores falham, os comutadores de monitor na operação de emergência para excluir danos do motor e fornecer uma possibilidade do novo movimento do carro. O fracasso de sensores não necessariamente tem de sentir-se na deterioração da operação do motor.
Contudo não depois do que o seguinte período de revisão dos gases cumpridos (AU) os dados sobre ele vão se introduzir na memória de maus funcionamentos de um sistema de controle do motor.

- O sistema da ignição não tem partes móveis, o distribuidor tradicional da ignição ausenta-se. Cada tomada de faísca tem o rolo.
- O sistema de controle de tensão de ignição em comutadores de demasiado baixa tensão - do bloco de DME (por exemplo, devido a dano de um fio). Ao mesmo tempo o motor não pode começar-se. Exclui danos do conversor catalítico.
- O sistema da regulação de antidetonação serve para definição e regulação do tempo ótimo da ignição de cada cilindro. Se há um mau funcionamento em sistema da ignição, provisão do combustível às paradas de cilindro correspondentes.
- O revezamento da bomba de combustível está no bloco de revezamento sobre uma caixa de artigo. O revezamento dá a corrente à bomba de combustível.

Descrição geral de sistema de autodiagnóstica de OBD

1 Vária criação de dispositivos diagnóstica que controla de parâmetros separados de sistemas da redução na toxicidade e fixa as recusas reveladas na memória do processador de bordo na forma de códigos individuais de maus funcionamentos são uma parte do sistema OBD. O sistema também realiza o controle de sensores e mecanismos de acionamento, ciclos de serviço de veículo de controles, fornece uma possibilidade do armazenamento até dos fracassos que surgem rapidamente no decorrer do trabalho e limpando do bloco da memória.
2 Todos os modelos de gasolina descritos no manual presente equipam-se do sistema da diagnóstica de bordo da segunda geração (OBD-II). Um elemento básico do sistema é o processador de bordo mais muitas vezes chamado pelo módulo eletrônico da gestão (ESM) ou módulo da gestão de funcionamento da unidade de poder (RSM). RSM é um cérebro de um sistema de controle do motor. Os dados básicos chegam ao módulo de vários sensores de informação e outros componentes eletrônicos (comutadores, o revezamento, etc.). Com base na análise dos dados que chegam de sensores de informação e segundo os parâmetros básicos instalam na memória de processador, RSM desenvolve ordens da operação de vários revezamentos operacionais e mecanismos de acionamento, executando por meio disso o ajuste de parâmetros de trabalho do motor e fornecendo a eficiência máxima do seu regresso no momento do consumo de combustível mínimo. A leitura de dados da memória de processador de OBD-II faz-se por meio do scanner especial unido à tomada diagnóstica de 16 contatos da leitura do banco de dados (DLC) localizado abaixo do painel do partido do motorista do carro ou à tomada de 20 contatos localizada na esquerda em um compartimento de motivo. Dirija a Diagnóstica de seção de Maus funcionamentos.

Em princípio, a leitura dos códigos de maus funcionamentos que se escrevem na memória do sistema da autodiagnóstica pode fazer-se por meio de uma lâmpada "Verificam o motor".

3 certificados de garantia Especiais com a validade extensa estendem-se ao serviço de componentes de sistemas de controle do motor/redução na toxicidade dos gases cumpridos. Não é necessário fazer tentativas da realização independente de diagnóstica de fracasso de RSM ou substituição de componentes do sistema, a uma saída de termos destas obrigações, - dirigem especialistas de oficinas de reparos de carro da empresa.

Sensores de informação


4 Sensores de oxigênio (l-tentas) - o Sensor desenvolve um sinal que amplidão depende de uma diferença do conteúdo de oxigênio (O2) nos gases cumpridos do ar de motor e externo antes e depois do conversor catalítico.

5 Sensor da provisão de um cabo de inclinação (ICR) - O sensor informa RSM na provisão de um cabo de inclinação e voltas do motor. Esta informação usa-se pelo processador durante a determinação dos momentos de injeção do combustível e instalação de uma esquina de um avanço da ignição.


6 Sensor da posição de pistões (CYP) - com base na análise dos sinais de RSM que chega do sensor calcula a posição do pistão do primeiro cilindro e usa esta informação determinando os momentos e a sequência da injeção do combustível em câmaras de combustão de motor.
7 BMT (TDC) sensor - Os sinais desenvolvidos pelo sensor usam-se por RSM determinando instalações de uma esquina de um avanço da ignição no lançamento de motor.

8 Sensor da temperatura de esfriar o líquido do motor (EST) - com base na Informação de ECM/PCM que chega do sensor executa correções necessárias da composição da mistura de combustível aéreo e uma esquina de um avanço da ignição, e também controla o trabalho do sistema EGR.

9 O sensor da temperatura do ar embebido (IAT) - RSM usa a informação que chega do sensor IAT a correções de uma corrente do combustível, instalações de uma esquina de um avanço da ignição e gestão de funcionamento do sistema EGR.

10 Sensor da provisão de uma válvula de borboleta (TPS) - O sensor localiza-se no caso de um regulador e une-se a um eixo de uma válvula de borboleta. Determina o ângulo da abertura de uma válvula de borboleta (faz-se funcionar pelo motorista do pedal de acelerador) pela amplidão do TPS dado de um sinal de RSM e como apropriado corrige a provisão do combustível para introduzir portos de câmaras de combustão. O fracasso do sensor ou enfraquecimento da sua fixação leva a interrupções de injeção e violações da estabilidade de voltas de perder tempo.


11 O sensor da pressão absoluta no oleoduto (MARÇO) - O sensor controla as variações de profundidade de depressão no oleoduto de entrada unido com modificações de voltas de um cabo de inclinação e carga do motor e transformará a informação obtida a um sinal de amplidão. RSM usa a informação entregue antes do MARÇO e sensores IAT no momento de correções finas da provisão do combustível.
12 O sensor barométrico da pressão - o Sensor desenvolve o sinal de amplidão proporcional a modificações da pressão atmosférica que se usa por RSM determinando a duração dos momentos da injeção do combustível. O sensor constrói-se no módulo RSM e não é sujeito ao serviço em uma ordem individual.

13 O sensor de detonação - o Sensor reage à modificação do nível das vibrações unidas com detonações no motor. Com base na informação de RSM que chega do sensor executa a correção correspondente de uma esquina de um avanço da ignição.

14 Sensor da velocidade do movimento do carro (VSS) - Como aparece do seu nome, o sensor informa o processador na velocidade atual do movimento do carro.


15 Sensor do tamanho da abertura da válvula EGR - O sensor notifica RSM sobre o tamanho de turno de mergulhador de válvula EGR. A informação obtida então usa-se o processador na gestão de funcionamento do sistema da recirculação dos gases cumpridos.
16 sensor de Pressão no tanque de combustível - o Sensor é um componente do sistema da captura de evaporações de combustível (EVAP) e serve para seguir a pista da pressão de vapores de gasolina em um tanque. Com base na informação de RSM que chega do sensor emite ordens da operação de válvulas eletromagnéticas de uma purgação do sistema.
17 comutador de Sensor da pressão do sistema da hidrofortificação de uma roda (PSP) - com base na Informação de RSM que chega do comutador de sensor PSP fornece o aumento em voltas de perder tempo devido à operação do sensor IAC para fins da compensação das cargas crescentes do motor unido com o funcionamento do foguete auxiliar hidráulico que dirige na comissão de manobras.
18 sensores de Transmissão - Além dos dados que chegam de VSS, RSM também obtém a informação dos sensores colocados na transmissão ou unidos a ele. Estão entre tais sensores: (a) metro de REVOLUÇÕES POR MINUTO de um cabo secundário (radical) e metro de REVOLUÇÕES POR MINUTO (b) de um cabo intermediário.
19 O comutador de sensor da gestão de inclusão de uma união de aperto do condicionador de ar - dando a provisão de poder da bateria à válvula eletromagnética do compressor K/V o sinal de informação correspondente chega a RSM que o considera como evidência do aumento da carga do motor e como apropriado corrige voltas do que perde tempo.
Mecanismos de acionamento
20 revezamento PGM-FI Principal (revezamento da bomba de combustível) - RSM faz a ativação do revezamento da bomba de combustível virando a chave de ignição em PARTIDA de situação ou CORRIDA. No momento da inclusão da ativação de ignição do revezamento fornece a subida à pressão em um sistema de provisão de poder. A informação mais detalhada no revezamento principal fornece-se na Cabeça do sistema de provisão de Poder, injeção e lançamento.
21 injetores de Combustível - RSM fornece a inclusão individual de cada um de injetores segundo uma ordem estabelecida da ignição. Além disso, o módulo controla a duração da abertura de injetores determinados pela largura do impulso operacional medido em milissegundos e definição do montante do combustível injetado no cilindro. A informação mais detalhada segundo o princípio do funcionamento do sistema de injeção, substituição e serviço de injetores fornece-se na Cabeça do sistema de provisão de Poder, injeção e lançamento.
22 Módulo da gestão de ignição (ICM) - O módulo faz funcionar o funcionamento do rolo da ignição, definindo o avanço básico necessário com base no RSM desenvolvido de equipes. Em todos os modelos de carros considerados no manual presente usa-se construído no distribuidor de ignição ICM, é mais detalhado no Capítulo presente.

23 Válvula da estabilização de voltas de perder tempo (IAC) - a Válvula IAC executa uma dosagem do montante do ar dado volta dando volta a uma válvula de borboleta quando o último se fecha ou mantém a posição que perde tempo. RSM faz funcionar a abertura da válvula e a formação da corrente aérea resultante.


24 a válvula eletromagnética de uma purgação de um carvão adsorber - a Válvula é um componente do sistema da captura de evaporações de combustível (EVAP) e, trabalhando na ordem de RSM, faz a produção dos vapores de combustível que se acumularam em um adsorber no oleoduto de entrada para fins de queimá-los no decorrer do funcionamento normal do motor.
25 O eletroímã da gestão de uma purgação de um carvão adsorber - o Eletroímã usa-se por RSM verificando o sistema OBD-II da utilidade do funcionamento do sistema EVAP.

Leitura de códigos de maus funcionamentos


26 no momento da Detecção do mau funcionamento que se repete sucessivamente em duas viagens, RSM emite a ordem da inclusão da lâmpada de controle que se constrói em em um guarda de instrumento "Verificam o motor", chamado também pelo indicador de recusas. A lâmpada continuará queimando-se até que a memória do sistema da autodiagnóstica não se compense os códigos dos maus funcionamentos revelados fê-lo entrar (dirija Especificações). A leitura de códigos de maus funcionamentos no sistema OBD-II pode fazer-se de vários modos. O caminho principal lê por meio do descrito na Diagnóstica de Seção de Maus funcionamentos de Dispositivos, unidos à tomada DLC de 16 contatos do sistema OBD-II. Outros caminhos são possíveis não em todos os modelos. O código diabólico (determinado pelo produtor e outro do que códigos "P" do padrão SAE) pode ser считан em uma lâmpada "Verificam o motor".

 


27 Sem começar o motor, inclua a ignição, - uma lâmpada de controle "Verifica que o motor" tem de iluminar, de outra maneira deve substituir-se. Tendo verificado a utilidade de uma condição de uma lâmpada, novamente apague a ignição.

O método da leitura dos códigos diabólicos de uma lâmpada "Verifica o motor" (é possível em alguns modelos)


28 Depois da Inclusão da ignição completamente espremem fora cinco vezes dentro de cinco segundos e lançam um pedal de acelerador. Se nos códigos de memória de processador dos maus funcionamentos que se realizam se trouxerem, começarão a destacar-se constantemente por uma lâmpada de controle "Verificam o motor" no painel de controle do carro. Considere o código diabólico.

A lâmpada espera de 5 segundos., um relâmpago segue, então o código com intervalos 2,5 segundo. entre categorias dá-se. Depois da entrega de um código uma lâmpada é necessário queimar-se. Repita o procedimento para considerar os códigos subsequentes. Se o primeiro código 1444, 2444 ou 4444 dado - os maus funcionamentos não se registram.
Os códigos 1000 ou 2000 dados por um ou dois relâmpagos e uma pausa longa e ardência logo contínua de uma lâmpada indicam o fim da entrega de um código.

Os códigos diabólicos, diferencie-se de códigos "R", fornecido em Especificações.


O lançamento do motor automaticamente interrompe o acesso ao sistema da diagnóstica.

Limpeza de memória de OBD-II


29 entrando em um código do mau funcionamento na memória de RSM em um guarda de instrumento do carro a lâmpada de controle "Ilumina verificam o motor". O código permanece escrito na memória do módulo.
30 para limpar da memória de ESM unem o scanner ao sistema e selecionam os ALUNOS DA ESCOLA MISTA DE CLAREIRA funcionam (Remoção de códigos) no seu cardápio. Além disso siga as instruções destacadas no dispositivo ou ao mesmo tempo durante 30 segundos tomam do ninho na fechadura de segurança EFI de bloco da reunião. Alternativamente a limpeza da memória do sistema pode fazer-se pela remoção de uma inserção fusível (a fechadura de segurança principal do sistema da provisão de poder de bordo) instalada perto a tomada positiva da bateria (ver o equipamento elétrico de Bordo Dianteiro) (é possível também somente desconectar um arame positivo da bateria).

Deve ter-se em mente que limpando a memória de OBD por um desinteresse de um arame negativo da bateria, ajustando parâmetros do motor se apagam e a estabilidade das suas voltas de um pouco tempo depois que a partida primária se quebra.

Se o stereosystem estabelecido no carro se equipar de um código de segurança antes de desconectar a bateria, assegure-se que tem a combinação correta da entrada do sistema áudio na ação!

A paralisação da bateria também leva à remoção de colocações do receptor de emissoras de rádio favoritas.

Para evitar o dano de ESM a sua paralisação e a conexão devem fazer-se só na ignição desligada!


31 Pista que a memória do sistema se compensou antes da instalação no motor de novos componentes de sistemas da redução na toxicidade dos gases cumpridos. Se antes da partida do sistema depois da substituição do sensor de informação fracassado para não fazer a limpeza da memória de recusas, RSM o fará entrar um novo código do mau funcionamento. A limpeza da memória permite ao processador fazer a mudança em novos parâmetros. Ao mesmo tempo os primeiros 50 - 20 minutos depois do lançamento primário do motor alguma violação da estabilidade das suas voltas podem realizar-se.